| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Universite Notícias
Desde: 11/06/2005      Publicadas: 51      Atualização: 17/09/2005

Capa |  Gerais  |  Lazer & Cultura


 Gerais

  23/07/2005
  0 comentário(s)


CIGARRO MATA MILHÕES DE PESSOAS POR ANO NO MUNDO


"O ministério da saúde adverte: Fumar faz mal a saúde."
Está é uma das advertências que várias pessoas ouvem falar ou lêem em maços de cigarros.
Propagandas anexadas nas caixas alertam para prevenção contra o uso do fumo.
Entretanto ainda nenhum fumante desistiu de fumar por isso.

 CIGARRO MATA MILHÕES DE PESSOAS POR ANO NO MUNDOO fumo tem sido umas das grandes causas de mortes de pessoas com câncer e outros problemas de saúde no mundo. Entretanto mesmo com todas estas consequencias as pessoas ainda insistem em fumar.
Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o cigarro contém milhões de substâncias químicas prejudiciais, afetando até mesmo os não fumantes. Estas pessoas tem mais cedo problemas respiratórios e cardíacos por permanecer próximos aos que fumam.
Entre as doenças causadas pelo tabaco pode citar o câncer de pulmão, derrames celebral, leucemia, impotência sexual e outras doenças cardiovasculares.
Em muitos Estados do Brasil, as doenças causadas pelo cigarro estão em primeiro lugar entre as que matam milhões por ano.
Em Roraima as doenças transmitidas pelo cigarro ocupam o terceiro lugar, em relação dos cânceres de colo de útero e de mamas.
Muitas crianças nascidas de mães fumantes, tem sérios problemas de saúde, assim afirma os especialistas. Problemas como de baixo peso ou psicologicos tem sido um dos principais motivos de mortes de recém nascidos, ou de crianças entre 3 a 5 anos de idade.
Estes problemas relacionados ao fumo incentivou as empresas fabricantes de cigarros a trazer nos rótulos propagandas que alertam as pessoas a deixar de fumar, mesmo assim ainda as doenças causadas pelo fumo ocupam o ranking de mortes no mundo.
Em relação às pessoas não fumantes que adquirem problemas de saúde causadas pelo cigarro, este número tem aumentado cerca de 8%. Para os médicos basta a exposição de 30 segundos a fumança de cigarro para comprometer o sistema cardiovascular.
A funcionária pública, Maria das Dores Rocha, fuma deste quando era adolescente, adquiriu o vício atráves das saidas rotineiras com os amigos no colégio ou passeios. Hoje com 51 anos, ainda fuma apesar de várias tentativas. "Já tentei parar de fumar, mas não consegui. Agora estou com problemas de saúde, tanto o médico como meus familiares já me aconselharam a parar. É facil começar, o díficil é sair."
Este é apenas um exemplo que tem prejudicado milhões de pessoas. Na Inglaterra, de acordo com pesquisas realizadas por seguradoras Britânicas, indica que a mortalidade de pessoas fumantes para os não fumantes aumentou em relação aos anos anteriores. Para os fumantes do sexo masculino tiveram um aumento de 100%, o maior entre os não fumantes. Já para os fumantes do sexo feminino a porcentagem é de 117%.
Esta pesquisa prova que várias pessoas morrem no mundo inteiro devido ao uso excessivo do tabaco.
Existem vários métodos para ajudar o fumante a deixar de fumar. Os métodos farmacológicos tem sido utilizados por algumas pessoas. O uso de adesivos e chicletes com nicotina passam através da pele e funciona como inibidor do desejo de fumar.
No Brasil, os chicletes em partilhas de 2mg podem ser encontrados em lojas e farmácias do ramo, embora existam partilhas de 4mg, muito encontradas em outros países. O uso deste medicamento deve ser a cada 1 ou 2 horas durante o período de 1 a 3 meses. O contato do chiclete com a mucosa das gengivas por 30 minutos reduz a ansiedade.
Estes são alguns dos medicamentos já aprovados por especialistas. Pesquisas recentes já aconselham outros métodos que podem ajudar a parar de fumar.




  Mais notícias da seção Saúde no caderno Gerais
12/09/2005 - Saúde - GREVE DO FUNCIONALISMO ESTADUAL DE SAÚDE PREJUDICA OS ATENDIMENTOS NOS HOSPITAIS DA CAPITAL
Durante toda a manhã, os principais hospitais da Rede Fhemig(Fundação Hospitalar do Estado), estiveram paralisados. A população da Capital está indignada. Esta é mais uma vez o descaso do governo na Saúde Pública. Belo Horizonte 12/09/05...
16/08/2005 - Saúde - FUNCIONALISMO ESTADUAL DE SAÚDE PARALISAM NESTA QUARTA - FEIRA NA CAPITAL.
A crise na saúde continua e a população de Belo Horizonte sofre com isso. Nesta quarta-feira, o Funcionalismo Estadual de Saúde paralisam as atividades por melhores condições de trabalho e salário....
13/07/2005 - Saúde - O TRAUMA DA OBESIDADE
O número de pessoas obesas é considerado elevado.A cada dia várias pessoas procuram clínicas especializadas para tratamentos que envolve até mesmo a cirurgia de redução de estômago....
22/06/2005 - Saúde - PARALISAÇÃO DO FUNCIONALISMO MUNICIPAL E ESTADUAL DE SAÚDE DEIXA A POPULAÇÃO DE BELO HORIZONTE SEM ATENDIMENTO.
Além da falta de medicamentos e profissionais de saúde, a população da Capital enfrenta hoje mais um grave problema. A paralisação do Funcionalismo Municipal e Estadual de Saúde deixou hoje várias pessoas sem atendimento....
17/06/2005 - Saúde - STRESS E MÁ ALIMENTAÇÃO PODEM PROVOCAR PROBLEMAS CARDÍACOS.
Na correria diária as pessoas preocupam cada vez menos com alimentação balanceada, não se prevenindo de doenças cardíacas....
13/06/2005 - Saúde - MULHERES TEM MAIS DEPRESSÃO QUE OS HOMENS.
A cada 30% das mulheres internadas em Clínicas de recuperação, 20% têm depressão. De acordo com os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o número é cada vez maior entre as mulheres. Qualquer pessoa está vulnerável a adquirir a depressão. ...



Capa |  Gerais  |  Lazer & Cultura
Busca em

  
51 Notícias


Lazer & Cultura
 

Literatura/Cinema/Teatro

 

INTERAÇÃO E MULTIMIDIALIDADE NO WEB JORNALISMO

 

Literatura/Cinema/Teatro

 

HUMOR/CHARGE LUTO NA BAHIA

 

Literatura/Cinema/Teatro

 

HUMOR/CHARGE UM POUCO DE PIADA PARA VOCÊ

 

Literatura/Cinema/Teatro

 

HUMOR/CHARGE - O PT ESTÁ UMA PORCARIA